skip to Main Content

7 cuidados indispensáveis para cabelos mistos

7 Cuidados Indispensáveis Para Cabelos Mistos

Encontrar os melhores cuidados para cabelos mistos não é uma tarefa fácil. Devido às suas características únicas, os fios costumam apresentar raízes oleosas e pontas ressecadas. Por isso, os tratamentosescolhidos devem ser um pouco mais complexos para preservar a saúde das mechas e impedir danos em longo prazo. 

Lavar os fios diariamente para tentar diminuir a oleosidade da raiz pode acabar danificando ainda mais o comprimento do cabelo e gerar as temidas pontas duplas. Contudo, existem outras formas de amenizar esses problemas e proporcionar mais brilho e maciez às madeixas.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira agora 7 dicas indispensáveis para cuidar dos cabelos mistos e trazer o equilíbrio que eles merecem! Vamos lá?

1. Identifique seu tipo de cabelo 

Identificar seu tipo de cabelo pode parecer uma questão complicada. Porém, conhecer bem as necessidades dos fios faz toda diferença nos cuidados diários.

Os mistos são muito comuns entre as mulheres, já que suas características variam de acordo com alguns fatores externos. Excesso de sol, uso de secador e chapinha, poluição e químicas alteram a estrutura das mechas e tornam a aparência capilar ressecada.

A oleosidade natural do couro cabeludo é a principal indicação dos mistos que, normalmente, possuem pontas ressecadas e raiz oleosa. Isso acontece em decorrência da produção exagerada de glândulas sebáceas no topo da cabeça. No entanto, a gordura não consegue chegar até a extremidade do fio. 

2. Use um shampoo específico 

Os cuidados com os cabelos mistos começam ainda na lavagem, que deve se concentrar na raiz e no tratamento das partes danificadas. O ideal é encontrar produtos com composições específicas para estrutura mista, pois hidratam o ressecado das pontas e não deixam a raiz oleosa.

E nada de água quente para não estimular demais as glândulas sebáceas a produzir mais óleo, o que pode gerar caspa. A quantidade de lavagens por semana vai depender do quanto os fios estão oleosos: se estiver sujo, lave. Se não, você pode esperar um pouco mais. Lavar o cabelo exageradamente estimula ainda mais a produção de óleo.

Um segredo que faz toda a diferença no resultado final é o shampoo anti-resíduo. O produto deve ser usado a cada 15 dias para limpar completamente o óleo acumulado no couro cabeludo. Por mais que a sensação de limpeza e frescor seja revigorante, evite fazer a limpeza completa em excesso para não ressecar os fios. 

3. Faça hidratações e use máscara capilares

As hidratações e máscaras repõem nutrientes, ajudam na ordenação das células escamosas que envolvem os fios, devolvem o brilho, maciez e a força para recuperação dos fios. O ideal é fazer a hidratação em intervalos regulares — quinzenalmente ou pelo menos uma vez por mês —, evitando sempre a raiz.

Porém, para casos de pontos mais ressecados, você pode até manter um cronograma de hidratações semanalmente enquanto as mechas se recuperam.

É muito importante escolher duas máscaras diferentes para intercalar durante o tratamento. Dê preferência aos produtos com reposição de queratina e concentrados em aminoácidos ou proteínas. Dessa forma, a fibra capilar não fica saturada de uma substância e carente de outros cuidados.  

4. Evite secador e chapinha

O calor em excesso é extremamente prejudicial aos fios mistos e torna a aparência das mechas opacas e quebradiças. As ferramentas de vapor agravam o problema por representarem o mesmo efeito da água quente nos cabelos. Dessa forma, a oleosidade e o ressecamento ganham força e atrapalham a saúde capilar.

Em dias em que não é possível fugir do secador, torna-se necessário tomar alguns cuidados especiais: retire o excesso de água com uma toalha antes de começar o processo de secagem. Isso diminui o tempo dos fios diante do vapor quente.

Para evitar o temido frizz e preservar a hidratação ao longo do dia, aposte em um leave-in com uma composição leve. Além de proteger contra o calor, o produto ainda evita a aparência pesada na raiz. 

5. Recorra ao shampoo a seco 

O shampoo de lavagem a seco retira a oleosidade dos cabelos, dando uma sensação de limpeza instantânea. Essa é uma opção em momentos de urgência, quando você precisa disfarçar rapidamente a aparência oleosa dos fios.

O produto não deve ser jogado diretamente na raiz. O ideal é aplicar a 20 centímetros de distância da cabeça, evitando o contato direto com o couro cabeludo. Lembre-se de que o shampoo a seco é apenas um disfarce e não substitui a lavagem, por isso não é recomendado o uso frequente, certo?

6. Cuide das pontas 

Pontas com brilho natural e que refletem a saúde dos cabelos exigem a aplicação de séruns e óleos mais finos, que não deixem os fios com aspecto pesado. São produtos que se espalham com facilidade e poucas gotas são o suficiente. É só espalhar nas mãos e aplicar, de forma homogênea, sobre as pontas.

Muitas pessoas costumam ter o hábito de mexer nas pontas dos cabelos durante o dia. Para quem tem fios oleosos, passar as mãos nas madeixas pode trazer um aspecto pesado ao visual. Conforme o tempo vai passando, o acúmulo de sujeira, suor e gordura da pele se transformam rapidamente em oleosidade. 

7. Corte o cabelo com frequência 

Todo tipo de cabelo exige corte a cada três meses, pelo menos. Já os cabelos mistos com pontas muito secas vão precisar visitar o salão com uma frequência maior. O corte ajuda na ação dos hidratantes e melhora a aparência dos fios, retirando pontas danificadas e que não podem mais ser recuperadas.

Caso seus fios tenham algum tipo de química, a atenção precisa ser redobrada. Após passar por situações agressivas, as mechas costumam apresentar, até mesmo, pontas triplas devido ao excesso de escamas abertas. Por isso, torna-se necessário aparar os fios a cada 60 dias com um profissional especializado.  

Uma dica essencial para manter as pontas sempre com aparência hidratada é escovar os cabelos antes de dormir. Dessa forma, a oleosidade produzida na raiz traz uma aparência naturalmente saudável para as extremidades ao longo do dia. Lembre-se também de evitar qualquer coisa que possa abafar o couro cabeludo por muito tempo, chapéus, faixas, bonés e tiaras.  

Pronto! Agora você já conhece várias maneiras de cuidar e de recuperar o vigor dos cabelos mistos. Siga nossas dicas de forma disciplinada e use os produtos corretos. Em pouco tempo, você conquistará madeixas saudáveis com a oleosidade controlada da raiz até as pontas.

Afinal, o grande diferencial de beleza capilar está em saber identificar exatamente o que seus fios precisam e montar uma rotina eficiente de tratamentos . 

Agora que você já sabe os principais cuidados para cabelos mistos, que tal assinar nossa Newsletter e ficar por dentro de conteúdos exclusivos? 

Comentários
Compartilhar

Albérico Souza

Albérico Souza é diretor técnico da Hydra Cosméticos e proprietário de um renomado Salão de Beleza. Possui mais de 30 anos de experiência como Hair Stylist e realizou, durante sua carreira, cursos de aperfeiçoamento no exterior; além de diversas pesquisas sobre cosméticos e o mercado de beleza.

Back To Top